Naomi Watts vai liderar o elenco da prequela de "A Guerra dos Tronos".

A comunicação social americana que a atriz inglesa há muito radicada na Austrália assinou contrato após um prolongado processo negocial.

Não há muitos pormenores sobre a personagem além de que será uma mulher poderosa e carismática que esconde um grande segredo.

Pouco tempo após o anúncio da HBO, o autor do livro original, George R.R. Martin, revelou no seu blogue que a série se vai chamar "The Long Night" [A Longa Noite, em tradução livre].

Naomi Watts tornou-se conhecida graças a "Mulholland Drive" (2001), de David Lynch, e foi nomeada para os Óscares por "21 Gramas" (2003) e "O Impossível" (2012).

Outros títulos importantes da carreira são "The Ring - o Aviso" (2002), "Os Psico-Detectives" (2004), "King Kong" (2005), "Promessas Perigosas" (2007), "Jogo Limpo" (2010), "J. Edgar" (2011), "Diana" (2013), "Enquanto Somos Jovens" (2014), "Da Série Divergente: Convergente" (2016) e a minissérie "Twin Peaks" (2017).

Em junho, a HBO ordenou um episódio piloto do "spin-off", um dos cinco projetos à volta de "A Guerra dos Tronos" nos quais trabalhava a produtora e criado por George R.R. Martin com a argumentista britânica Jane Goldman. Ainda não tem data de estreia.

George R.R. Martin antecipou aos fãs que não devem esperar ver nenhum membro do elenco atual da série neste "spin-off".

Isto corresponde ao que explicou a HBO num comunicado em junho: a produção, cuja ação se passará milhares de anos antes da época retratada pela saga fantástica, irá dar aos milhões de fãs a oportunidade de ver "a decadência do mundo da Idade de Ouro dos heróis nos seus momentos mais obscuros".

A rodagem passará por Belfast, na Irlanda do Norte, a mesma cidade que serviu de cenário para parte de "A Guerra dos Tronos", cuja produção da oitava temporada terminou em julho de 2018. A estreia dos últimos seis episódios acontecerá no primeiro semestre de 2019.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.