"Chernobyl" é o mais recente sucesso televisivo e para muitos espectadores é também uma das melhores séries de 2019. Mas a minissérie só irá contar com uma temporada, garantiu o criador nas redes sociais.

Na sua conta no Twitter, Craig Mazin partilhou um artigo da Decider que questiona se haverá ou não novos episódios da série da HBO. "Com todo o respeito à Decider, mas a resposta para a pergunta da manchete 'haverá uma segunda temporada de 'Chernobyl?' é não", frisou o criador nas redes sociais.

"Chernobyl" recria a "história do acidente nuclear em 1986, uma das piores catástrofes da história causadas ​​pelo homem, e dos corajosos homens e mulheres que se sacrificaram para salvar a Europa de um desastre inimaginável, lutando contra a cultura da desinformação".

"A 26 de abril de 1986, a Central Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, União Soviética, sofreu uma enorme explosão que lançou material radioativo pela Bielorrúsia, Rússia e Ucrânia, atingindo também a Escandinávia e a Europa Ocidental. Jared Harris interpreta Valery Legasov, um brilhante físico nuclear soviético que pertence à equipa de resposta à tragédia, sendo um dos primeiros a ter conhecimento do desastre sem precedentes que tinha acabado de ocorrer", lembra a HBO Portugal em comunicado.

Stellan Skarsgård interpreta o Vice Primeiro-Ministro Soviético, Boris Shcherbina, designado pelo Kremlin para liderar a comissão do governo em Chernobyl, nas primeiras horas após o acidente. Emily Watson é Ulana Khomyuk, uma física nuclear soviética determinada em resolver o mistério do que terá originado o desastre de Chernobyl.