Emilia Clarke, que veste a pele de Daenerys Targaryen em "A Guerra dos Tronos", revelou que sofreu sofreu dois aneurismas enquanto gravava a série da HBO. A confissão foi feita pela atriz num texto publicado esta quinta-feira, dia 21 de março, na revista The New Yorker.

A estrela de "A Guerra dos Tronos" conta que o primeiro aneurisma aconteceu depois das filmagens da primeira temporada, antes da estreia da série na HBO. "Um nevoeiro de inconsciência tomou conta de mim. De uma ambulância fui levada numa maca para um corredor impregnado do cheiro a desinfetante e de barulhos de pessoas aflitas. Porque ninguém sabia o que se passava comigo, os médicos e as enfermeiras não me deram quaisquer drogas para aliviar a dor”, conta.

A atriz conta que foi  diagnosticada com hemorragia subaracnóidea, "um tipo de acidente vascular cerebral causado pela hemorragia no espaço ao redor do cérebro", explica. "Tive um aneurisma, uma rutura arterial", acrescenta, recordando que a recuperação durou uma semana.

"Nos piores momentos quis desistir de tudo (...) Pedi aos médicos para me deixarem morrer", confessa na revista.

No texto, Emilia Clarke revela que o seu estado de saúde não era o melhor durante as gravações da segunda temporada. "Depois do meu primeiro dia de filmagens, mal consegui chegar ao hotel antes de colapsar de exaustão", frisa.

Em 2013, a atriz foi operada novamente. "Pedaços do meu crânio foram substituídos por titânio. Hoje não dá para ver a cicatriz que vai do meu couro cabeludo até ao ouvido, mas na altura eu não sabia que não ia ser visível. Acima de tudo, havia a preocupação constante com perdas cognitivas ou sensoriais", conta.

"Pensei, se vou morrer, que seja na televisão. Mas sobrevivi. Sobrevivi à MTV e a muito mais", disse ainda a atriz, sublinhando que está 100% recuperada.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.