• «O que há de novo no amor?»
    Não é uma pessoa. Não é uma instituição. Mas mais português este projeto não podia ser. O filme «O que há de novo no amor?» entra na nossa lista do que de melhor se faz em Portugal.
  • André Szankowski
    Com um currículo imenso na publicidade e nos telediscos, o diretor de fotografia André Szankowski deixou toda a gente de queixo caído na sua estreia na longa-metragem para cinema: «Mistérios de Lisboa».
  • Simão Cayatte
    O filme «A Viagem», do realizador Simão Cayatte, foi uma das 16 curtas-metragens a concurso na secção Cinéfondation do festival de Cinema de Cannes. Foi uma das poucas presenças portuguesas na última edição do festival e entra na nossa lista.
  • Rafael Morais
    Com 22 anos, é um dos jovens atores mais promissores da sua geração, com um vasto currículo teatral, papéis de relevo em cinema e uma estreia para breve na realização.
  • Sara Barbas
    Alguns artistas sonham cá dentro com o sucesso lá fora. Sara Barbas foi mesmo à procura dele em Inglaterra e conseguiu um lugar no mundo da animação internacional, com passagem pelo universo de «Wallace e Gromit».
  • Vicente Alves do Ó
    Está a terminar um filme biográfico sobre Florbela Espanca, a sua segunda longa-metragem. No final de 2011, Vicente Alves do Ó vai dar que falar.
  • Marta Pessoa
    Marta Pessoa abordou em dois documentários temas sensíveis de uma forma frontal.
  • João Salaviza
    Nunca um português tinha vencido uma Palma de Ouro em Cannes. Foi um jovem, na altura com 25 anos, ainda como estudante de cinema no Conservatório, a arrecadar, em 2009, o galardão no festival de cinema com maior projeção em todo o mundo.
  • Catarina Wallenstein
    Talvez seja a jovem atriz portuguesa com o currículo mais interessante para a sua idade. Com apenas 24 anos, Catarina Wallenstein já participou em oito longas-metragens várias séries de televisão.
  • Miguel Gonçalves Mendes
    É um dos nomes mais badalados do momento no cinema português. O documentário «José e Pilar» mostrou ao mundo um lado íntimo do casal José Saramago/Pilar Del Rio que muitos não conheciam. E para Miguel, foi muito mais do que um projeto.
  • Natalie Portman
    Já podia ter vencido um Óscar para Melhor Actriz Secundária mas deixou-o escapar. Este ano, é uma das favoritas ao prémio de Melhor Actriz pelo seu papel de bailarina obcecada em «Cisne Negro».
  • Jennifer Lawrence
    Tem 20 anos mas chegou à lista de nomeadas para o Óscar de Melhor Actriz. Em «Despojos de Inverno», Jennifer Lawrence interpreta uma jovem com a família às costas, obrigada a viajar por território montanhoso para encontrar o pai fora-da-lei.
  • Jesse Eisenberg
    Jesse Eisenberg teve a difícil tarefa dar corpo ao criador do Facebook, e isso valeu-lhe nomeações em quase todos os prémios da temporada, Óscar incluído. E até teve um encontro em directo com o homem real que levou até ao cinema.
  • Annette Bening
    É a actriz mais experiente entre todas as nomeadas este ano, e aquela que conta com mais nomeações ao Óscar. Aos 58 anos, Annette Bening bate-se pela estatueta pela quarta vez, desta feita com «Os Miúdos Estão Bem».
  • James Franco
    É um dos anfitriões da noite dos Óscares mas também um dos potenciais vencedores da cerimónia, já que «127 Horas» lhe valeu a primeira nomeação à estatueta de Melhor Actor da sua carreira.
  • Javier Bardem
    É a terceira vez que Javier Bardem é nomeado ao Óscar, que venceu há três anos na categoria de Actor Secundário por «Este País Não é Para Velhos». A nomeação surgiu três depois do nascimento do seu primeiro filho, com Penélope Cruz.
  • Jeff Bridges
    Um ano depois de ter conquistado o Óscar de Melhor Actor por «Crazy Heart», Jeff Bridges volta a ser nomeado ao troféu pelo papel do xerife Rooster Corgburn em «Indomável», uma personagem que já valeu a estatueta dourada a John Wayne.
  • Colin Firth
    Um ano após ter sido batido por Jeff Bridges nos Óscares, Colin Firth prepara-se para a desforra, com a sua interpretação de George VI em «O Discurso do Rei» a colocá-lo à frente em todas as apostas.
  • David O. Russell
    Com «The Fighter - Último Round», o polémico David O. Russell conseguiu um dos êxitos surpresa da temporada, com sete nomeações ao Óscar, e, mais importante que isso, ultrapassar a fama de cineasta intratável que se lhe colara à pele.
  • Joel e Ethan Coen
    Têm o currículo mais relevante entre todos os nomeados nesta categoria e são os únicos nela que já foram oscarizados, por «Fargo» e «Este País Não é para Velhos». As 10 nomeações de «Indomável» colocam-nos outra vez entre os favoritos.
  • Tom Hooper
    Dos cinco nomeados ao Óscar é o que tem menor currículo cinematográfico. Contudo, com a lista de prémios que «O Discurso do Rei» já leva, o cineasta de 38 anos pode vir a ser o vencedor da noite.
  • Darren Aronofsky
    Um dos cineastas mais elogiados da actualidade, capaz de trabalhar em vários registos, Darren Aronofsky é nomeado pela primeira vez ao Óscar por «Cisne Negro», mas tem no currículo obras como «O Wrestler» ou «A Vida Não é um Sonho».
  • David Fincher
    Dois anos depois da primeira nomeação com «O Estranho Caso de Benjamin Button», David Fincher volta à corrida ao Óscar de Melhor Realizador com um dos filmes mais elogiados do ano, «A Rede Social».
  • Mo'Nique
    Mais conhecida pelas suas prestações na área da comédia e da televisão, «Precious» revelou o grande talento dramático de Mo'Nique, num filme que lhe tem valido vários galardões, incluindo o Globo de Ouro.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.