A presidente da COJAP, Filomena Fortes, explicou durante uma conferência de imprensa, convocada para o efeito, que a proposta da música ou hino oficial da competição, que vai decorrer de 14 a 23 de junho, deverá ser cantada em inglês, maioritariamente, mas poderá ter também passagens em francês e português, e o refrão em crioulo.

Compreendendo que a participação da cultura cabo-verdiana e africana seria “primordial”, uma vez que, conforme disse, define a realidade de cada país no continente africano, a concretização da música oficial deverá ser interpretada por um dueto, constituído por uma mulher e um homem.

“Decidimos que seria necessário criar uma música oficial que traduzisse as mensagens deste evento: mobilização e engajamento do continente africano, motivação, dinâmica, superação e competição física internacional, uma nova oportunidade para o continente africano e para os desportos que vão estar em destaque”, referiu.

“E é neste sentido que anunciamos hoje esta intenção de receber propostas abertas dos nossos artistas nacionais”, concretizou.

Filomena Fortes acautela que a música será avaliada em três pontos, sendo letra e música, música cantada pelo dueto em acústico e sample da música ainda sem produção, o qual deverá ser entregue até o dia 28 de fevereiro.

“A música selecionada será aquela que melhor interprete a mensagem dos jogos e tenha uma interação de engajamento dos ouvintes para este evento”, esclareceu, ajuntando que depois de selecionado o vencedor, ao grupo será solicitado a realização da produção da música e arranjos finais e entrega da mesma até o dia 15 de março de 2019, sendo esta custeada pelo prémio entregue.

A plataforma no Canal do SAPO Muzika que vai permitir fazer o “upload” das propostas e completar todos os passos de inscrição será lançada a partir do dia 15 de fevereiro, e 17 de março é a data marcada para divulgar ao público a música vencedora, durante evento “03 months to go” a ter lugar na ilha do Sal.

Considerando a importância de participação de maior número de artistas possível, Filomena Fortes disse que eventuais dúvidas sobre o concurso vão ser esclarecidas via e-mail (hinosal2019@sapo.cv).

“O dueto vencedor receberá o prémio de 500 mil escudos cabo-verdianos e passará também a representar a imagem promocional dos jogos, atuando em público no encerramento dos jogos com o tema vencedor, na ilha do Sal, com todas as despesas custeadas pelo Comité Organizador”, instigou.

Mas também, reforçou, terão a “grande oportunidade” de ter a sua música divulgada através dos parceiros no continente africano.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.