Filha de pai da Guiné-Conacri e mãe da ilha do Fogo, Suraia Souare Alves nasceu na cidade da Praia, mas há cerca de seis anos vive nos Estados Unidos da América, país onde estuda Artes na Boston Arts Academy.

A música corre-lhe nas veias. É sobrinha dos artistas Neuza de Pina e Kim Alves e adora cantar desde pequena.

“A minha mãe disse-me que comecei a cantar com três anos. Mas recordo-me que aos 5 anos cantava músicas da Beyoncé e da Rihanna”, conta a jovem que tem preferência pelos estilos Soul, R&B, mas também gosta de Morna.

A tia e cantora foguense Neuza de Pina é a sua maior inspiração. “A minha tia é uma das pessoas que acredita no meu talento e vê potencial em mim. Quero seguir os passos dela, fazer história e levar a cultura de Cabo Verde além-fronteiras”, salienta a jovem que sonha também em ser modelo profissional e ter sua própria marca.

Em finais de 2019, Suraia participou, juntamentos com outros artistas cabo-verdianos, na música "No Cancer” de Neuza de Pina. E neste mês (julho), Neuza partilhou um vídeo a cantar ao lado da sobrinha de 15 anos que fez sucesso nas redes sociais.

“Cantar ao lado da minha tia faz me sentir aconchegada. Ela incentiva-me, corrige-me e diz que consigo fazer sempre melhor. O vídeo foi uma brincadeira, mas meio a sério. Ela disse-me ‘Suraia eu começo e tu terminas (…) isto é o teu mundo’”, diz orgulhosa.

Questionada se estava à espera do feedback positivo do público, Neuza, que atualmente também reside nos EUA, diz que não. “Fizemos o vídeo na brincadeira e teve muitas visualizações. Agradeço a todos pelos likes, comentários e partilhas. Choro muitas vezes ao ouvi-la a cantar. Peço a Deus que ela tenha as oportunidades que eu não tive e que seja reconhecida no mundo da música”.

Recentemente, Suraia perdeu o pai, o seu maior fã, que foi mais uma vítima da Covid-19 e apela as pessoas a ficar em casa e que cumprir as medidas sanitária.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.