O álbum “mas forti qui dificuldadi” (mais forte que a dificuldade – em português) está na fase final da sua produção e é constituído por 12 faixas musicais, já com dois “singles” disponíveis nas plataformas digitais, nomeadamente “Xona” e “é ka pa nós”.

Em declarações à Inforpress, SOS Mucci revelou que este seu sétimo projecto vai ser um retorno àquilo que sempre foi o seu estilo, isto é, vai trazer músicas positivas, inspiradoras e alegres capazes de levar os consumidores a fazerem uma “viagem de emoções”.

Em Setembro, SOS Mucci lançou o primeiro single que integra este álbum “é ka pa nós” em parceria com o artista Big Z e em finais de Novembro disponibilizou o single “Xona” que conta com a participação de C. James, Vando Alpina, Jonatthon, Flávio Lúci, Jay Young e Oudjí.

Este projecto, conforme revelou à Inforpress, era para ser gravado apenas com o artista Jonatthon mas como não queria seguir a mesma linha do Hip Hop decidiu convidar para este casamento sete artistas com estilos diferentes para fazerem diferença no ritmo de AfroNaija.

Disponibilizado no Youtube no dia 27 de Novembro, o videoclip “Xona”, produzido pela Feia TV, já conta com mais de 160 mil visualizações, o que agrada muito a este jovem que vê a sua carreira a ter novos contornos.

“No primeiro dia que esteve disponível as pessoas abraçaram Xona de uma forma que hoje podemos dizer que é um ‘hit’ certificado e isso é uma grande satisfação para todos e para a minha carreira que estava um pouco parada e deu um ‘up’”, disse.

SOS Mucci, nome artístico de Jailson D´Almeida, começou a fazer “rap” em 2007 quando foi estudar na Bolívia, onde ingressou num grupo universitário FM11.

Em 2009 lançou o seu primeiro “mixtap” intitulado “Sangue, Suor e Lágrima” e hoje tem no mercado seis projectos musicais entre as quais o álbum “Silêncio” gravado em 2014.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.