Em entrevista ao programa britânico "Good Morning Britain", da ITV, a cantora Sinéad O’Connor acusou Prince, que morreu em 2016, de ter agredido várias mulheres. A artista irlandesa contou ainda que o músico também a terá tentado agredir.

"Tentou bater-me. Foi uma experiência assustadora", começou por contar a cantora e compositora. "Queria que fosse protegida dele e exigiu-me que não praguejasse nas minhas entrevistas. Disse-lhe onde podia ir e atacou-me. Subiu as escadas e voltou com uma almofada. Havia algo duro na almofada. Saí a correr da casa dele e escondi-me atrás de uma árvore", lembrou.

Sinéad O’Connor contou ainda que encontrou Prince na auto-estrada. "Estava eu a cuspir-lhe e ele a tentar dar-me socos. Tive de ir tocar à campainha de alguém, que foi o que o meu pai me disse sempre para fazer se estivesse numa situação como esta", recordou.

Na entrevista  ao programa "Good Morning Britain", Sinéad O’Connor frisou ainda que "não foi a única" a ser atacada por Prince, acusando o cantor de ter “batido em várias mulheres". "Uma das raparigas da sua banda esteve no hospital com costelas partidas naquele tempo", revelou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.