Em conversa via telefone com a Inforpress , o artista que reside nos Estados Unidos de América assegurou que este trabalho discográfico que é a primeira versão do “canta Manuel de Novas”, e que foi gravado nos estúdios de Vuca Pinheiro e Timmy e Kmagic Studio tem como propósito  homenagear ao cantores já falecidos Bana e Ildo lobo.

“Esta é a primeira edição da versão canta Manuel d´Novas, mas estou em crer que nos próximos tempos vamos ter mais edições, porque este foi um trabalho que sempre sonhei fazer um dia”, frisou.

Segundo aquele artista,  este CD  que possui 12 temas está a ser “bem aceite” no seio da comunidade Cabo-verdiana residente nos Estados Unidos de América  e que o mesmo contou com os  arranjos, produção e direcção musical de Danny Carvalho, cuja  mixagem e masterização ficou a cargo do artista Kim Alves.

Calu Bana disse ainda que  neste álbum participaram várias artistas como o violinista Francês Martin Rose, Dicky di Ano Nobo, Denis Mota, bem como o já conhecido Djim Job, Kalu Monteiro, Antero Alves e ainda Feel Bass, Ze Galvao, Ze timas, Amilton Tavares, Yayas e Nhelas Sax e Lutchinha nos coros

Calu Bana que já tem no mercado seis discos começou a cantar ainda jovem, em Cabo Verde em que chegou a  participar no concurso “todo o mundo canta” nos finais da década de 80.