Segundo uma nota informativa publicada na página oficial da Embaixada de Cabo Verde em Portugal, o evento inicia-se a partir das 18:00 e conta com a participação especial de Coro Contat e Diogo Picão e de artistas Ana Firmino, Maria Alice, Titina.

O momento, de acordo com a nota, conta ainda com a actuação de Dany Silva, Gardénia Benros, Nancy Vieira e Sara Tavares.

A Serenata de Mornas ainda, de acordo com a mesma fonte, realiza-se no âmbito da inauguração do Centro Cultural de Cabo Verde, que aconteceu no passado mês de dezembro, com o objectivo de promover e difundir a cultura cabo-verdiana.

A 5 de Julho de 1975, fora proclamada a independência de Cabo Verde, território colonizado pelo império português a partir de meados do séc. XV.

“Povo de Cabo Verde, hoje, 5 de Julho de 1975, em teu nome, a Assembleia Nacional de Cabo Verde, proclama solenemente a República de Cabo Verde como Nação Independente e Soberana”. Foram com estas palavras que o então presidente da Assembleia Nacional Popular (ANP), Abílio Duarte, proclamara a independência do país em relação à antiga potência colonizadora, Portugal.

O estádio municipal da Várzea, na Cidade da Praia, capital, foi o local escolhido para o cerimonial da transferência da soberania portuguesa para as novas autoridades do país.