Com esta atuação, a convite do Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, a banda, formada no âmbito do Projeto Sete Sóis Sete Luas (SSSL), deu início à sua programação pelos palcos europeus, com uma agenda lotada até o dia 15 do corrente mês.

Antecedendo a atuação, o grupo foi recebido pelo Presidente da República portuguesa, que, segundo Rosa Andrade, vocalista do grupo, foi um momento “surreal”, chegando mesmo a compará-lo a um “conto de fadas”.

O presidente da Câmara Municipal da Brava, Francisco Tavares, também demonstrou a sua satisfação pelo ato, considerando-o “um marco importante”, por se tratar da “primeira vez que um grupo musical composto por jovens da Brava” é recebido no Palácio de Belém pelo Presidente da República portuguesa.

O autarca aproveitou a oportunidade para agradecer a Marcelo Rebelo de Sousa pelo convite que “honra a todos os bravenses” e estendeu os agradecimentos ao presidente da Associação 7 Sóis 7 Luas, Marco Abbonanza, pelo projeto e pela cooperação que mantém com a autarquia bravense, desde setembro de 2012.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.