Dino d'Santiago prepara-se para para lançar um novo trabalho musical. Trata-se de "Sotavento", um EP com 5 faixas todas elas 'influenciadas por géneros tradicionais cabo-verdianos', nomeadamente Batuku e o Funaná, segundo adianta a Sony Music, em comunicado.

"Neste EP, o autor de ‘Nova Lisboa’ não hesitou em mergulhar no legado musical desenvolvido nas décadas de 80 e 90 pela geração Livity, a geração que electrificou a música do arquipélago da morabeza", é possível ler no documento.

Dino d'Santiago partilhou nas redes sociais que este EP "vem concluir todo um processo de transportar o Funaná e as raízes do Batuku para uma estética áudio-visual mais contemporânea e imergente na electrónica global".

Depois de neste verão ter lançado um EP com uma versão remix do disco mais recente - Mundu Nôbu (de 2018)- o artista vai disponibilizar no próximo dia 25 de outubro nas plataformas digitais "Sotavento".

Na linha do título do álbum, os temas são uma homenagem às ilhas de Sotavento: Brava (Carta Pa Tareza), Ilhéus (Nu Bai), Fogo (Nu Fazi), Santiago (Jorge & Andresa) e Maio (Kel Kê Di Nôs).

As 5 faixas são da autoria de Dino D'Santiago, Nosa Apollo e Seiji que já tinha trabalhado com o artista no álbum anterior, Mundu Nôbu, bem recebido pela crítica.

O EP 'Sotavento' já está disponível para pré-compra e pré-reserva.

Ao nível de espetáculos, Dino que vai atuar esta sexta-feira na Gala Somos Cabo Verde, tem marcado um show em Paris, a 1 de novembro, e a 9 de dezembro no Casino de Lisboa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.