De acordo com uma nota enviada à Inforpress, as celebrações dos 40 anos de carreira começaram com o lançamento do álbum “Canções da Minha Vida”, que conta com a produção de Barry Marshall e do próprio Dany Silva.

“Canções da Minha Vida” é uma compilação dos maiores êxitos da sua carreira, regravados, aos quais acrescentou ainda uma série de canções que não compôs e que havia gravado.

Para além de clássicos como “Crioula de São Bento” com Don Kikas ou “Branco, Tinto e Jeropiga” com Manifestos, outros temas vão fazer parte do reportório da noite de concerto, como “Lua nha Testemunha” cantado com Rui Veloso, “Poema da Farra” com Paulo de Carvalho, “Nha Mudjer” com participação de Tito Paris e “O Namoro”, dueto gravado com Luís Represas.

Ainda, fará dueto com Jorge Palma, “A Banhada”, single de estreia do álbum e “São Crianças” com Carlos do Carmo.

Referência incontornável da música há quatro décadas, Dany Silva é influenciado por mornas e coladeiras, mas também outros sons das músicas do mundo, da salsa ao blues, passando pelo semba e o bolero angolanos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.