Lígia Timas falava à imprensa, à margem da apresentação dos resultados finais das oficinas de verão 2019, projeto do Ministério da Cultura e das Industrias Criativas, levada a cabo pela Cesária Évora Academia de Artes, na Cidade da Praia.

“A nossa ambição é ter um corpo de professorado e de alunos mais robusto e termos maior ofertas”, disse a coordenadora da CEAA.

Sobre as oficinas de verão 2019, cujos resultados foram hoje apresentados, disse aquela responsável que este ano as atividades aconteceram de 08 de julho a 02 de agosto, com a realização de 10 oficinas e o envolvimento de seis professores.

“Foi o ano em que tivemos maior adesão, 138 alunos”, informou Lígia Timas, completando que a ideia não é sair com crianças tocadoras, por exemplo, mas sim de implantar nelas uma “sementinha” para as mostrar como é o universo artístico.

Este ano as oficinas abarcaram crianças e jovens, oriundas dos concelhos da Praia e de São Domingos. Foram ministradas oficinas de bateria, percussão, teatro, canto coral, musicalização infantil, danças tradicionais, costura criativa e expressão artística para pequeninos.

As oficinas são realizadas com o propósito de fomentar o interesse de crianças e jovens para o setor das artes, bem como incentivar os adultos a inscreverem seus filhos em atividades artísticas ao longo do ano.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.