Referenciada como a  pop-star cabo-verdiana, Suzanna Lubrano promete voltar com uma nova discografia a 10 de novembro, um álbum de seis faixas, depois de “um longo período sabático”, cinco anos, após o lançamento de seu álbum Vitória (2015).

Para o seu mais recente trabalho, de acordo com informações avançadas pelo o “manager” René Romer, Suzanna Lubrano está a ser produzida em parceria com o romeno Spencer Barry, músico que ganhou fama em 1998 como membro do grupo holandês de pop / R & B Romeo, marcando grandes sucessos internacionais.

“Depois de terminar sua própria carreira musical, ele estabeleceu sua empresa de gestão, The Firm Management, apoiando artistas estabelecidos e talentosos em sua jornada musical”, assegura a imprensa, o manager ao garantir que os dois artistas aproveitam a quarentena motivada pela covid-19, para trabalhar o álbum de retorno de Suzanna Lubrano.

Este vai ser o 12º álbum discográfico de Suzanna Lubrano e segue-se a “Sem bó nes mund” e Sukuru (com Rabelados), ambos em 1996,  “Fofo” (1999), Tudo pa bó (2002), Saída (2008), Festa Mascarado, e Festa Mascarado US Edition, ambos em 2009, Live at Off-Corso (2010) The Best of Suzanna Lubrano (2012) The Hits Collection (2013) e  Vitoria 2015.

Suzanna Lubrano iniciou sua carreira aos 18 anos com o lançamento de seu álbum de estreia, “Sem Bo Nes Mund”, em 1996 e já atingiu vários “hits” na África e na Europa, tendo conquistado álbuns de ouro e platina na África, “e até a data é uma grande influência em muitos dos artistas actuais de Zouk e Kizomba”.

A artista já tem programado shows ao vivo para o pós-quarentena, tanto com a sua forte banda de seis membros ou como “play back” para apresentações em clubes e discotecas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.