“Mamãe” é um funaná inspirado na história de um filho que teve de se ausentar da casa da mãe, para viver no seio de outra família ou a labutar para a vida tanto dentro como fora de Cabo Verde, explicou o artista à Inforpress.

O tema, adiantou Ady G, pretende ser uma homenagem “a todos os filhos que se encontram separados de suas mães, por vicissitudes da vida” e expressa “o sofrimento” do personagem “com vontade de regressar ao lar”.

Acompanham Ady G nesta sua primeira produção musical os artistas Hélder Rodrigues (guitarras, solo e acompanhamento), Roger Saints (bateria e percussão) Rui Salomão (baixo), Kaline Barbosa (teclados) e ainda Benvinda Rodrigues, Claudeth Sorriz, Hoddah Ramos e Ady Grandão (coros).

Os arranjos e a direcção musical são de Hélder Rodrigues, também conhecido como Pêlada.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.