Beyoncé foi a estrela do primeiro fim de semana do festival de Coachella. A prova disso foi que, nas redes sociais, os fãs começaram a referir-se ao evento de música como Beychella - no Twitter, a hashtag foi utilizada por milhares de pessoas.

10 meses depois do nascimento dos gémeos, a cantora provou estar em forma, apresentando um espetáculo que, para muitos dos fãs, ficará para a história do festival. O arranque do concerto foi ao som de "Crazy In Love", um dos maiores sucessos da carreira de Beyoncé.

VEJA NA GALERIA AS IMAGENS DO CONCERTO:

 

No alinhamento seguiu-se "Freedom", "Lift Every Voice and Sing" e "Formation". "Drunk In Love", "Mi Gente" e "Single Ladies (Put A Ring On It)" também não ficaram de fora do concerto, mas um dos pontos altos do concerto chegou com "Déjà Vu" - para o tema, a cantora chamou a palco o seu marido, Jay-Z.

Uma das maiores surpresas da noite foi a reunião das Destiny's Child. Kelly Rowland e Michelle Williams juntaram-se em palco a Beyoncé e recordaram os maiores êxitos da banda, "Say My Name", "Lose my Breath" e "Soldier".

A irmã da cantora, Solange, também marcou presença no concerto em Coachella com "Get Me Bodied".

No meio do concerto, Beyoncé agradeceu as milhares de pessoas que marcaram presença no festival. "Obrigado por permitirem que fosse a primeira mulher negra a ser cabeça de cartaz", disse a cantora.

Das revistas de música aos colegas de profissão, o concerto de Beyoncé tem recebido rasgados elogios. Para a revista Billboard, a cantora "não fez apenas história na sua carreira", tendo "transformado a sua música e atuação numa obra de arte".

"Com os convidados, o seu marido Jay-Z, a irmã Solange e as Destiny's Child, este foi um só um espectáculo sobre música - foi sobre o poder feminino", sublinhou o The Guardian.

Adele também vibrou com o concerto de Beyoncé. Nas redes sociais, a cantora partilhou vários momentos do espetáculo.

Chance the Rapper também elogiou Beyoncé. "Acabo de ver o maior espetáculo que alguma vez aconteceu", escreveu o músico nas redes sociais.