No ano em que a ilha de São Vicente comemora os 30 anos do Festival da Baía das Gatas importa recuar no tempo e voltar ao primeiro festival realizado nos dias 18 e 19 de Agosto de 1984.
 
Vasco Martins, músico e um dos fundadores do festival, acaba de lançar uma publicação com edição da Câmara Municipal de São Vicente. “Primeiro Festival da Baía das Gatas. Breve historial” é o nome da obra de distribuição gratuita e tiragem limitada.

Em 20 páginas e numa escrita fluida, Vasco Martins percorre os factos e conta detalhadamente o passo-a-passo até chegar à primeira edição do festival.

No leque de jovens que pertenciam à comissão organizadora e fundaram o certame, no qual se inclui, Martins não refere Vlú reconhecido como tal pela maioria. O artista aparece como tendo sido o responsável pela “cedência dos instrumentos para os ensaios e apoio e consolidação do festival”.

A ideia, conta na primeira pessoa, era criar um festival “parecido (de longe!)” com o Woodstock, festival de música realizado em 1969 em Nova Iorque.

Laginha, Praça do “Liceu Velho”, ou Baía das Gatas?

Tida a ideia restava então decidir o lugar. Laginha, Praça do “Liceu Velho” e Baía das Gatas estiveram em consideração.

Apesar de algumas pessoas não terem a princípio acreditado na ideia, Vasco Martins escreve que “desde o princípio das nossas discussões, houve a consciência de que construíamos algo novo e forte, produto de energias da juventude sem dúvida, mas consequentes visionários e realistas”.

Da discussão sobre o posicionamento do palco à escolha das datas, as noites de lua cheia como tradição, a improvisação como máxima e algumas curiosidades sobre a primeira edição do festival tudo pode ser encontrado na publicação.

“Trinta anos depois, ei-lo ainda vivo, encantando todas as gerações”, conclui assim orgulhoso do trabalho conseguido na história do “Festival da Baía das Gatas, marco maior na música de Cabo Verde”.

Exemplares da publicação podem ser conseguidos na Câmara Municipal de São Vicente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.