O vereador da Cultura, Jaquelino Varela, avançou à Inforpress, que o palco já montado, faltando a iluminação e som que vão estar concluídos antes do arranque do certame de três dias, aprazado para a partir das 20:00, no Largo Katxás, em Porto Acima.

O primeiro dia do evento, que dedica um dia de batuku, homenageando Nha Nacia Gomi e as mulheres, um dia de funaná em homenagem a Katchás e Sema Lopi e um dia de tabanka, vai contar com a presença do ministro da Cultura e Indústrias Criativas, Abraão Vicente.

De acordo com a programação, a primeira noite será dedicada ao batuco, e vai contar com actuações de 14 grupos locais, de São Salvador do Mundo, Calheta, Tarrafal e Ribeira Grande de Santiago, e ainda dança dos três ritmos por um grupo local.

Já para sábado, dia do funaná, a agenda prevê actuações de artistas e grupos como Elida Almeida, Grupo Pilon, Nataniel Simas, Zé Rui de Pina, Fidjus de Belo Freire, Fidjus de Sema Lopi, Tabanka Reza, Grupo Lopi, e talentos de Santa Cruz.

Para domingo, à semelhança dos anos anteriores, vai haver o desfile de tabanka com percurso a parir da localidade de Salina – Achada Fátima – Paços do Concelho, com participação de todos os grupos deste ritmo da ilha de Santiago.

O evento, que se realiza no âmbito das actividades do “Mês da Cultura da Cidade de Pedra Badejo”, está orçado em 3.000 contos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.