Depois das reclamações do público relativamente à desorganização que caracterizou os dois dias (27 e 28 de Abril) da 7ª edição do Festival Tropical Zouk, o expoente máximo do evento, Minó dos Santos, reconheceu as fragilidades, chegando a declarar que só voltaria a realizar o FTZ quando pudesse constituir uma equipa que demonstrasse mais profissionalismo.

“Com sucessivos atrasos do arranque e demoras nas trocas de bandas, aconteceu a 7ª edição do Festival Tropical Zouk. Só voltarei a realizar o FTZ quando puder montar e conseguir constituir uma equipa capaz de trabalhar para evitar esses atrasos, pois assim, não dá. Confesso-vos que foi frustrante e desgastante em tentar gerir. Contudo, quero agradecer a presença de todos e pela paciência em nos aturar durante esses anos.”, desabafou.

Publicação de Minó dos Santos