Esta formação, que decorre no Centro Cultural de Cidade Velha, acontece no âmbito da realização da 6ª edição do Festival Grito Rock Praia.

Durante esta edição, segundo um dos produtores e organizadores do Grito Rock Praia 2018, Ricardo Teixeira, para além de música, realizam teatro, workshop, encontros, visitas, homenagens, acção social, trocas de ideias e intercâmbios culturais entre bandas dos países participantes.

Em relação aos workshops, hoje a banda de Espanha “Charlie & The Damn Good Band” debate com os jovens de Cidade Velha o tema “Conhecimentos e instrumentos musicais”.

Após esta formação, o largo do Pelourinho recebe o Jam Session com a participação da banda Sebenta com Barry White Gone Wrong (Portugal), The Black Shoes (Alemanha), a banda Ajeeb com Charlie & The Dann Good Band (Espanha), e Afro Poncho (Equador).

Na terça-feira, 03, será a vez do Palácio da Cultura Ildo Lobo, na Cidade da Praia, receber uma formação com a banda do Equador Afro Poncho sobre a “Produção Cultural com base em ferramentas audiovisuais em redes sociais”.

Estes workshops realizados por Art&Kul, é uma parceria com diversas entidades e organizações, entre as quais o Ministério da Cultura e Indústrias Criativas, a Cooperação Espanhola, o Instituto Camões, a Universidade de Cabo Verde, a Caboson, a Unitel, a ASA, a Transportada Aérea Portuguesa, a Rádio Televisão Cabo-verdiana e o Expresso das Ilhas.

A nível da música, no sábado, dia 31, a Cidade da Praia, mais precisamente, o largo de Quebra Canela, recebeu a 6ª edição do festival de música com uma homenagem ao saxofonista do Bulimundo, Osvaldo Lima, “Nené”.

Nessa noite subiram ao palco o homenageado acompanhado de alguns companheiros dos Bulimundo, numa formação denominada Rock D’Ilha, a banda Najam, Djam Neguin & Banda e Mentis Kriolo do Tarrafal.

A nível internacional, actuaram as bandas Barry White Gone Wrong e Sebenta (Portugal), Charlie and The Damn Good Band e Ajeeb (Espanha), Black shoes (Alemanha) e Afro Poncho (Equador).

A edição deste ano do Grito Rock Praia está orçada em três mil contos e conta com a parceria da Câmara Municipal da Praia.

O Festival Grito Rock é um evento mundial que este ano realiza a 12ª edição em mais de 40 países e 400 cidades numa lógica colaborativa e de integração entre os realizadores.

O Grito Rock Praia foi realizado pela primeira vez no continente africano, em Cabo Verde, em 2013.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.