A Inforpress constatou, ao fim da manhã, na Baía das Gatas, que a instalação do equipamento sonoro decorre “na normalidade” e que ainda hoje, segundo os responsáveis, iniciam-se, com Dudu Araújo e Denis Graça, os ensaios de som no palco, sendo que os artistas Dulce Pontes e Fantan Mojah farão o mesmo, mas na sexta-feira.

Som que deve alcançar os 65 mil watts de potência, nesta edição, conforme o engenheiro Jorge Nunes, que se ocupa desta vertente, e que indicou que este ano a estrutura do palco comporta novidades.

A começar, indicou, pelo avanço de sete metros do flanco direito do palco, para quem se encontra de frente para estrutura, ganhando um “novo ângulo” que vai “favorecer” a projeção do som a partir das estruturas ali montadas.

Os artistas que vão pisar o palco da 34ª edição do festival vão deparar-se, por outro lado, com um chão revestido de carpete, uma novidade, segundo a mesma fonte.

Na Baía das Gatas, regista-se ainda, a pouco mais de 24 horas para o arranque do certame, que a maioria das barracas de comes e bebes já se encontram instaladas na zona circundante ao palco, para além dos pré-fabricados numa zona mais afastada do palco, mas sempre sob a vigilância dos fiscais da autarquia.

A 34ª edição do Festival Internacional de Música da Baía das Gatas, que decorre este ano sob o lema “Uma cidade saudável para um turismo sustentável”, e que não terá transmissão em directo pela televisão pública, é inaugurada na sexta-feira, 10, pela cantora portuguesa Dulce Pontes, num certame de três dias que envolve um leque diversificado de artistas nacionais e internacionais.

De acordo com o cartaz definitivo e respectivo alinhamento das bandas e artistas, publicado pela Câmara Municipal de São Vicente, que organiza o evento, ainda na sexta-feira deverão atuar, logo a seguir a Dulce Pontes, os artistas cabo-verdianos Dudu Araújo, que convida as vozes femininas Cremilda Medina e Ceuzany, e Denis Graça, cabendo ao ‘reggae-man’ Fantan Mojah encerrar o primeiro dia do festival.

No sábado, 11, a abertura será feita pelos DJ Rudy e Vava, seguindo-se as atuações de UB 40 ft. Alli Campell, Astro & Mickey Virtue (Reino Unido), Claudia Leitte (Brasil) e C4 Pedro (Angola).

No domingo, 12, de novo a abertura com DJ, desta feita Fatboy e Mc Me, para uma tarde/noite em que deverão atuar ainda Batchart & Convidados Mark Delman & Ary Beatz, Nelson Freitas, e Richie Campbell & The 911 Band.

O Festival Internacional de Música da Baía das Gatas teve a sua primeira edição no dia 18 de agosto de 1984, é realizado anualmente na praia do mesmo nome, a oito quilómetros da cidade do Mindelo, e desde aquela data apenas não se realizou em 1995, devido a uma epidemia de cólera que assolou Cabo Verde.

Anualmente, a Câmara Municipal de São Vicente, que organiza o evento, reserva uma verba de 15 mil contos no orçamento municipal para fazer face às despesas com a logística, viagens e cachê de artistas, contando também com parceiros e patrocinadores que financiam a “maior parte do bolo”.