A edilidade optou por “um investimento modesto” na realização deste evento, um dos mais antigos de Cabo Verde, que terá forte presença da “prata da casa”, como Ailine, Dulce, dois dos principais nomes emergentes na música porto-novense.

O vereador da Cultura da Câmara Municipal do Porto Novo, Nilson Santos, explicou que o forte investimento feito nas festas de São João, em Junho, acabou por condicionar a capacidade da autarquia em investir no festival da praia de Curraletes.

O orçamento do festival, que contará ainda com concurso de artistas e grupos oriundos de São Vicente, rondará entre dois mil e três mil contos.

Atim, músico de nacionalidade marroquina, residente em França, é esperado no dia 15 em Santo Antão, cuja vinda está a ser aguardada com muito interesse, segundo um representante do artista, nesta ilha.

A edição 2017 do festival da praia de Curraletes insere-se nas comemorações do dia do Município do Porto Novo – 02 de Setembro, e assinala os 55 anos de vida deste concelho, criado a 02 de Setembro de 1962.