XXXTentacion, rapper que faleceu em junho aos 22 anos depois ter sido baleado por dois homens, terá esfaqueado oito pessoas e agredido uma ex-namorada. Numa gravação revelada esta semana, o músico confessava os crimes.

"Comecei a bater-lhe porque ela cometeu um erro, e o ciclo de violência agravou-se a partir daí. Ela agora tem um trauma para a vida, o que se percebe", diz o rapper na gravação de áudio.  XXXTentacion conta ainda que esfaqueou oito pessoas em Deerfield Beach, na Flórida, em 2016, quando tinha apenas 16 anos:"Disseram no jornal que foram só três, mas esfaqueei oito pessoas".

"Já viram alguém ficar com a língua cortada? Alguém a ser violado? A vossa mãe a ser morta à vossa frente? (...) Quando vão dormir, hão de lembrar-se sempre daquilo que viram e de como se sentiram, daquele sentimento horrível na vossa alma. Ninguém vos conseguirá acalmar. É algo com o qual tenho de lidar", diz ainda o rapper na gravação.

A investigação sobre a morte de XXXTentacion continua a decorrer.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.