Em representação aos seus colegas, o rapper Trakinuz explicou à Inforpress que a iniciativa surgiu a partir de uma chamada de grupo entre os três, através da qual resolveram criar um festival online, “Djunta Mô”, como forma de angariar fundos a favor dos mais necessitados no interior de Santiago.

“No interior de Santiago existem muitas famílias que estão muito afectadas por causa de três anos consecutivos de seca e mau ano agrícola”, demonstrou, salientando que o novo coronavírus veio agravar ainda mais a situação.

Com base nisso, organizaram e convidaram vários artistas que aderiram prontamente ao festival de três dias, acabando por angariar pouco mais de dois mil euros para a compra de produtos.

“Compramos os géneros mais básicos, nomeadamente arroz, óleo, batata, feijão congo, açúcar entre outros produtos”, mostrou, acrescentando que tiraram o dia de hoje para distribuir cestas básicas.

Iniciaram a distribuição em Santa Cruz  e partiram para outros concelhos da região norte da ilha de Santiago, nomeadamente Santa Catarina e São Salvador do Mundo.

Conseguiram preparar 50 cestas básicas, cada uma constituída por um saco de arroz, meio saco de batata, três litros de óleo, assim como quilos de açúcar, feijão congo e diferentes outros produtos.

“Acreditamos que são produtos mais básicos, que servem para as famílias ultrapassarem o dia-a-dia”, transmitiu.

Para esses três rappers é gratificante poder contribuir porque, a seu ver, as dificuldades sempre existiram em Cabo Verde.

“É muito gratificante para nós todo o contributo das pessoas que abraçaram esta causa e doaram uma certa quantia”, assegurou.

Para identificar os beneficiários em cada zona, avançaram com um processo de triagem, com suporte dos moradores da referida localidade.

Esta campanha é um projecto-piloto, uma vez que estes jovens querem avançar com mais iniciativas do tipo.

A região de Santiago Norte conta neste momento com 61 infectados de Santa Cruz, destes, 60 assintomáticos estão no centro de isolamento e um, que tem sintomas da doença, está internado no hospital da região, onde a criança de Santa Catarina encontra-se em isolamento, mas sem sintomas.

Cabo Verde registou nas últimas 24 horas mais 24 casos de covid-19, dos quais 12 na Praia, nove no Sal e três em Santa Cruz, aumentando para 750 o número total de infectados, com 301 recuperados.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 427 mil mortos e infectou mais de 7,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em Fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.