A epidemia do novo coronavírus (Covid-19) tem afetado a indústria do entretenimento. Esta quinta-feira, dia 5 de fevereiro, a organização do Tomorrowland Winter, em França, anunciou o cancelamento do evento deste ano.

Em comunicado partilhado nas redes sociais, a promotora do festival frisa que o "governo francês decidiu cancelar a edição deste ano", que iria decorrer de 14 a 21 de março. "O governo francês está a tomar medidas drásticas em relação ao vírus COVID-19 em França. Portanto, estão a cancelar grandes eventos", acrescenta a organização.

Nas últimas semanas, têm sido tomadas várias medidas preventivas, incluindo o cancelamento de eventos de grade dimensão.

Várias bandas e artistas decidiram cancelar concertos ou adiar digressões, nomeadamente em países asiáticos. Segundo a Billboard, que cita a Associação Chinesa de Artes Cénicas,  desde o início do ano já foram cancelados ou adiados mais de 20 mil eventos musicais na China e Hong Kong.

O grupo de k-pop BTS e a banda norte-americana Green Day anunciaram esta sexta-feira, dia 28 de fevereiro, que decidiram cancelar os espetáculos marcados em vários países asiáticos. Em fevereiro, Ruel, Khalid, o rapper Stormzy, Mabel e os New Order também cancelaram os seus concertos, de acordo com os comunicados citados pela revista Billboard.

Os concertos David Carreira e Michael Carreira marcados para o dia 7 de março em Avenches, na Suíça, também foram adiados por decreto do Conselho Federal Suíço. Nas redes sociais, os artistas explicaram que a nova data será anunciada em breve.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.