Segundo João Branco, que é protagonista da peça, a ideia é “nestes dias difíceis”, com a ameaça do novo coronavírus, comemorar o Dia Internacional do Teatro, assinalado a 27 de Março, com o espectáculo que estava programado para ser apresentado ao público mindelense nessa mesma data com entrada gratuita.

“Mas, também contribuir para que o isolamento de pessoas, de amigos, seja menos doloroso, digamos assim”, lançou o actor, em entrevista à Inforpress, referindo assim ao texto que “fala mesmo de esperança”.

“É uma forma de consolar as pessoas, de estar com elas. Esperamos dar um pouco de esperança, alento para aqueles que virem o espectáculo na sexta-feira”, reiterou João Branco.

A apresentação “live”, ajuntou, acontece no seu canal pessoal de Youtube, a partir das 21:00, com assistência de Edson Silva, para imagem, David Medina, no som, Edson Gomes, na iluminação e Nuno Tavares, com a trilha sonora, que será o único item gravado.

A peça, apresentada pela primeira vez em 2016 e que é 54ª produção do GTCCPM, faz parte do projecto “Matéi”, que se iniciou com o Teatro 15 (curso de teatro do Centro Cultural Português) e o espectáculo “Cuidado com as velhinhas carentes e solitárias”.

Duas das três peças que pretendem divulgar o trabalho do dramaturgo ucraniano, ainda vivo, Matéi Visniec, e que tem sido encenado um pouco por todo o mundo.

O monólogo incorporado pelo actor e encenador João Branco é caracterizado por muitos como um espectáculo que “todos falam e não deixa ninguém indiferente”.

Cabo Verde regista quatro casos de Covid-19, um dos quais confirmado nas últimas horas na cidade da Praia, um cidadão cabo-verdiano que regressou de França no dia 18.

Os restantes três casos foram registados na ilha da Boa Vista, todos turistas estrangeiros, um dos quais, um cidadão inglês de 62 anos, que acabou por morrer.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infectou mais de 400 mil pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 18 mil morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia, cujo epicentro é actualmente a Europa.

Em Cabo Verde, o Governo colocou a ilha da Boa Vista em quarentena até 04 de abril, após a confirmação positiva do primeiro caso de Covid-19 registado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.