A peça, resultante de uma colaboração artística entre o encenador João Branco e o produtor da Companhia Raiz di Polon, Jeff Hessney, é um espetáculo de teatro físico e visual cuja base de inspiração é o universo feminino crioulo cabo-verdiano.

Em entrevista à Inforpress, o encenador João Branco avançou que o espetáculo nasceu a partir do desafio que lançou a Jeff Hessney, que já tinha textos escritos, a produzir para a dramaturgia. Segundo a mesma fonte, foi uma “colaboração profícua” que resultou na peça “Sonhador” que no palco coloca cinco personagens com o homónimo de Sónia.

“Do ponto de vista da narrativa procuramos no espectáculo combinar ou até colocar frente a frente o tradicional com o contemporâneo, a visão de vida de uma mulher mais conservadora com a visão de vida de uma mulher mais liberal, a noção de mais ou menos liberdade, de mais ou menos responsabilidade social e como é que cada mulher encara isso”, clarificou.

A peça teatral leva ao palco uma bailarina, a Milena Tavares, uma cantora, a Eliana Rosa, e três atrizes, a Lisa Reis, a Janaína Alves e a Deka Saimor, que interpretam cinco personagens com o homónimo de Sónia.

“Tivemos desde o início o cuidado de não impor nenhuma narrativa específica. São cinco personagens que têm o mesmo nome que é Sónia, e essas cinco Sónias podem ser a mesma mulher nas diferentes faces de vida”, acrescentou a mesma fonte, indicando que o espetáculo não tem uma narrativa linear, pelo que cada um deve interpretá-lo a partir da sua perspectiva.

Para Jeff Hessney, esta parceria com o grupo GTCCPM “foi natural” porque sempre existiu entre ambos uma “parceria afetiva” a nível da estética. Pior isso, defendeu que o espetáculo “foi a materialização de um encontro de ideias”.

Conforme o dramaturgo estreante, as cinco intérpretes vão mostrar no palco “diferentes faces da vida, como por exemplo o isolamento versus a sociabilidade e a tristeza em contraponto com a alegria. E todas essas dicotomias, acrescentou, são responsáveis pela dinâmica da peça.

Além da estreia hoje, o espectáculo “Sonhador” volta ao palco do ALAIM na sexta-feira. No dia 04 de Setembro a peça será apresentada no pequeno auditório do Centro Cultural de Macau, no âmbito do International Youth Drama Festival.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.