No Porto Novo, o Ministério da Cultura e Industrias Criativas (MCIC) já está a trabalhar com a câmara municipal na criação da filial da Académica das Artes Cesária Évora, tendo já identificado um espaço que, nos principais de 2018, vai receber obras, com vista a instalar a extensão dessa academia.

O mesmo está a ser feito com relação à Ribeira Grande, município que, no recurso de 2018, vai receber, também, uma representação da Academia Cesária Évora, para o ensino da música popular de Santo Antão.

O museu nacional das romarias, que se vai localizar no Porto Novo, é outro projecto que vai ser, este ano, uma realidade na ilha de Santo Antão.

As obras estão já numa fase adiantada e devem ficar concluídas nos primeiros meses de 2018.

O MCIC vai ainda apoiar a edilidade porto-novense na redinamização da aldeia cultural “Nós Réis”, considerado um dos melhores espaços culturais existentes em Cabo Verde que pode ser “um ex-líbris” e “um grande centro cultural” de Santo Antão, segundo o MCIC.