Jaquelino Varela explicou que estas medidas foram tomadas com base no Plano Nacional de Contingência ao Covid-19, uma vez que se trata de um conjunto de actividades de massa.

A edilidade santa-cruzense já tinha confirmada a participação de alguns artistas e grupos, entre eles a banda ‘Os Tubarões’, no festival “Um concelho, três ritmos”, iniciativa que celebra os três ritmos tradicionais que identificam o município, nomeadamente batuque, funaná e tabanca.

Da lista dos eventos adiados constam a Gala dos Campeões, feira do empreendedorismo, concurso gastronómico e lançamento do livro “Antologia dos Poetas de Santa Cruz”.

Jaquelino Varela adiantou que ainda não previram a data para a realização desses eventos.

“Vamos acompanhar a evolução da situação para podermos reagendar, conforme o parecer das autoridades sanitárias”, afirmou.

Essas actividades, explicou, atrai muitas pessoas, o que contribui não só para mais dinâmica cultural, mas também para fortalecimento da economia local.

Instado sobre o impacto dessas medidas, Jaquelino Varela respondeu que estão mais preocupados com a defesa da saúde pública.

Na terça-feira, 10, foi apresentado o Plano Nacional de Contingência ao Covid-19, uma forma de Cabo Verde responder ao contexto internacional imposto pela epidemia do novo coronavírus, com impactos a nível sanitário, social, económico e financeiro.

O plano recomenda, entre várias outras medidas, o cancelamento de eventos culturais de dimensão internacional até 30 de Junho.

O director Nacional da Saúde, Artur Correia, confirmou hoje que Cabo Verde regista três casos suspeitos do novo coronavírus, sendo duas turistas vindas da cidade do Porto (Portugal) e um cabo-verdiano que chegou da Itália.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.