Segundo a administradora da EME-Marketing & Eventos, Maria Martins, nesta edição de 2020, a organização recebeu só pela via Internet um total de 39 trabalhos, com um forte incremento na área da rádio.

As inscrições através da ‘website’ foi uma inovação deste ano. Contudo, a empresa aguarda ainda novos trabalhos que podem ter sido enviados via correios.

“Os trabalhos já contabilizados foram inscritos através da plataforma. Todavia, como temos ilhas e verificamos que nem todas as empresas quiserem utilizar essa via para enviar os trabalhos, aguardamos ainda por outros trabalhos que podem ter sido enviados via correios”, disse.

A primeira triagem por parte dos jurados deverá acontecer na segunda semana de Fevereiro. A criatividade e a originalidade bem como o contributo para desenvolvimento do mercado publicitário de Cabo Verde são os factores em avaliação.

Maria Martins congratula-se com o aumento de numero de trabalhos inscritos, salientando que essa participação demonstra que o PNP está a apropriado pelos as agências e os criativos que trabalham nessa área.

Em concurso estão trabalhos nas áreas de TV, Rádio, Print (Jornal/Revista/Poster/Folheto/Billboard), Internet, Branding, Branding Activation e qualquer peça publicitária criada por estudantes universitários em Cabo Verde, no decurso da sua formação e durante a vigência do concurso.

A gala para entrega premiação dos melhores de 2019 esta marcada para 20 de Março e terá como tema “O futuro é de ouro”.

Fazem parte do corpo de jurados da quarta edição do PNP: Aristides Lopes, Maria Luísa de Sousa Lobo, Samira Vera-Cruz, Tutu Sousa e um(a) representante do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas.

Organizado pela EME-Marketing & Eventos, em parceria com o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, o PNP tem como objectivo reconhecer os trabalhos publicitários criados, produzidos e comprovadamente divulgados em Cabo Verde.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.