Este espetáculo, que acontece no dia 09 de novembro, pelas 21:00, na Assembleia Nacional, é fruto de um acordo de cooperação assinado no mês de setembro entre Cabo Verde (Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas) e Portugal (Ministério da Cultura) e o Teatro Nacional de São João do Porto (TNSJ).

Segundo a sinopse, este é um espetáculo de “reflexão sobre a vida, o tempo e fracasso”, através da representação sempre contundente de uma certa burguesia, com suas diminuições de ansiedades, hipocrisia, mentiras, neuroses e códigos éticos.

“O que deveria ser o jantar romântico de um casal e uma festa de aniversário descontraída se torna uma noite desastrosa em que o cinismo e a solidão tomam conta. Tudo explode. Acima de tudo, emoções. Nada que algumas ostras com champanhe não possam resolver. No final, o que mais importa é manter as aparências, a “figura bonita”, como dizem em italiano”, lê-se ainda na sinopse.

A entrada para este espetáculo é gratuita, mas mediante levantamento de bilhete no Palácio da Cultura Ildo Lobo, Palácio do Governo (Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas) e Assembleia Nacional de Cabo Verde.

Ainda, no domingo, 10, Palácio da Cultura Ildo Lobo, recebe o espetáculo “Achadiço”, uma encenação de Nuno Cardoso, diretor artístico do Teatro Nacional São João.

O Teatro Nacional de São João, um dos mais reputados da Europa, tem como principais objetivos a criação e apresentação de espetáculos de teatro, dos vários géneros, segundo padrões de excelência artística e técnica, e a promoção do contacto regular do público com as obras referenciais, clássicas e contemporâneas, do repertório dramático nacional e universal.

O acordo assinado entre Cabo Verde e o TNSJ tem como propósito realizar programas e projetos teatrais em comum, desenvolver projetos e atividades artísticas no âmbito do teatro e artes performativas, desenvolver ações de intercâmbio e formações, permitir a circulação de atores e do teatro cabo-verdianos a nível internacional.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.