O cantor e compositor britânico Elton John pediu desculpas, sem conter as lágrimas, aos fãs depois de interromper um concerto na Nova Zelândia no passado domingo devido a uma pneumonia.

O artista, de 72 anos, confessou que se esforçou para cantar durante uma apresentação no estádio Mount Smart.

Depois de ser examinado por um médico, o artista tentou ainda cantar duas canções, mas acabou por interromper a apresentação. "Não posso cantar. Perdi completamente a voz", disse, rouco, aos fãs.

"Tenho que ir. Sinto muito", completou. "Fui diagnosticado com uma pneumonia atípica hoje, mas estava determinado a fazer para vocês o melhor concerto humanamente possível", escreveu nas redes sociais.

"Toquei e cantei com todo o meu coração, até minha voz não conseguir mais. Estou decepcionado, profundamente chateado e sinto muito. Eu dei tudo o que tinha", frisou.

A pneumonia atípica provoca infecções leves do sistema respiratório, de acordo com o Centro para o Controle de Doenças dos Estados Unidos.

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que se encontrou com o cantor antes do concerto de domingo e que "dava para perceber que não se estava a sentir bem".

"O facto de ele ter passado aproximadamente duas horas no palco com uma performance gigantesca foi incrível e muito generoso", declarou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.