O Grupo de Teatro do Centro Cultural do Mindelo (CCP), na ilha cabo-verdiana de São Vicente, comemorou no fim-de-semana a produção da 50.ª peça teatral com o lançamento de um livro e da exposição fotográfica "Palco 50".

Segundo o director do grupo, o encenador português João Branco, há mais de duas décadas radicado em Cabo Verde e actual responsável do CCP do Mindelo, as duas iniciativas são as memórias do percurso de 21 anos a fazer teatro, agora vincadas para a posterioridade através do historial das 50 peças produzidas.

O livro conta com registos fotográficos, textos críticos sobre as peças e informações sobre o elenco que participou em cada um dos 50 espetáculos.

"O desafio é continuar na senda da inovação, da experimentação e da qualidade", considerou João Branco, para quem, com a exposição, pretendeu-se dar uma "visibilidade harmoniosa" a uma "grande coleção de fotos" em diversos formatos e que mostram o percurso do grupo.

A exposição decorre até 10 de julho no Centro Nacional de Artesanato e Design, no Mindelo, e é "um percurso" do grupo de 1993, ano da sua criação, até o corrente ano.

João Branco é um dos cofundadores do principal festival de teatro de Cabo Verde, o Mindelact, que cumprirá este ano a 20.ª edição.

Lusa

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.