"The Nine Lives of Ozzy Osbourne", documentário sobre o músico, estreou esta semana no canal norte-americano A&E. Na produção, Ozzy Osbourne revela que tentou matar a sua mulher, Sharon Osbourne, em 1989.

No documentário, o casal conta detalhes sobre o episódio que aconteceu no final dos anos 1980 em  Buckinghamshire, Inglaterra. "Chegámos à conclusão que tu tens de morrer", disse o músico à esposa.

"Ele estava calmo, muito calmo. E, de repente, saltou para cima de mim e tentou sufocar-me. Atirou-me para o chão, pôs-se em cima de mim e eu só tive tempo de tentar encontrar alguma coisa em cima da mesa. Senti o botão de emergência e carreguei. Depois, só me lembro de a polícia estar lá", conta Sharon Osbourne no documentário.

O músico recorda ainda que quando foi detido pela polícia estava sob o efeito de drogas. "Só me lembro de acordar na prisão de Amersham e perguntar ao guarda: 'por que razão estou aqui?'. E ele disse-me: 'quer que lhe leia a acusação?'. E leu: 'John Michael Osbourne, foste detido por tentativa de homicídio'", lembrou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.