“La Memoria de la Piel”, segundo informações divulgadas pelo PCIL, irá estar patente até o dia 14 de Outubro nas galerias “Incondicional”, no 1º piso, e “Intelectual”, no 2º piso, e dará a conhecer ao público obras, sobretudo, pintadas no período do ‘lockdown’ imposto pela pandemia da covid-19.

Esta mostra, informou o artista cubano, mas que reside na cidade da Praia, é um trabalho que também contará com os textos da jornalista/escritora Margarida Fontes e conta com a parceria do Banco Interatlântico e da Garantia Seguros.

“Omar Camilo, cineasta, fotógrafo e artista plástico, tem conseguido destacar-se no seio das artes visuais em Cabo Verde, graças à sua irreverência, o seu olhar peculiar, às suas pinceladas e traços marcados, sobretudo, nas temáticas que tocam os universos da contemporaneidade”, lê-se na página do PCIL.

Com uma formação vasta que teve o seu início no Instituto Superior de Arte de Cuba (ISA), Omar Camilo como realizador já teve a oportunidade de representar o seu país natal em vários festivais e eventos internacionais em cidades como Tóquio, Paris, Barcelona e Nova Iorque.

Os seus trabalhos, artísticos, estiveram patentes em cerca de quatro dezenas de exposições individuais em Cabo Verde, Portugal e Macau.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.