Por ocasião do fórum “O papel do Bibliotecário em Cabo Verde no Sistema de Informação e os Desafios impostos pelas Novas Tecnologias”, realizada na Biblioteca Nacional (BNCV), a ex-curadora interina da Biblioteca Nacional considerou que a informação, como objeto de estudo ou do trabalho, é o ponto norteador para a atuação do profissional bibliotecário.

“Estes profissionais têm de estar ligados ao setor da informação, no sentido da sua participação nos processos de geração, disseminação, recuperação, gerenciamento, conservação e utilização da informação”, ressalvou, para acrescentar que o bibliotecário deve fazer estudos dos observadores para preparar o acervo de acordo com o perfil do usuário.

“Definir o bibliotecário e o seu histórico”, “A Profissão do bibliotecário e o seu enquadramento no quadro da Função pública”, “O ambiente das Bibliotecas e os riscos Potenciais à Saúde dos Bibliotecários: Doenças ocupacionais e a segurança no trabalho”, Professores Bibliotecários: Um olhar sobre a escola do sec. XXI”, “O Bibliotecário e a Tecnologia” e “Criação de curso para Formação de Bibliotecários em Cabo Verde” foram os painéis debatidos neste fórum.

Pretende-se com esta iniciativa a criação da Associação dos Bibliotecários, o enquadramento dos bibliotecários no quadro da Função Pública, revisão do estatuto e PCCS dos bibliotecários, criação de uma página Bibliotecário de Cabo Verde, impulsionar as universidades cabo-verdianas a criarem cursos de pós-graduação, mestrado, como forma de emprego aos profissionais de outras áreas.

O Fórum realizou-se em saudação ao Dia Internacional do Bibliotecário, que se celebra anualmente a 12 de março, em homenagem a data do nascimento do bibliotecário, jornalista, escritor e poeta brasileiro Manuel Bastos Tigre, de forma se ter em conta a importância e o papel do bibliotecário na sociedade.

O evento envolveu bibliotecários, estudantes, professores, associações, antigo presidente da Biblioteca Nacional de Cabo Verde, Joaquim Morais, o Diretor da Saúde pela Região Norte Santiago, João Baptista, João Afonso da Rede de Bibliotecas Escolares de Portugal e representantes da Administração Pública, de entre outros intervenientes.