O poder da Marvel chegou à NASA.

A agência espacial americana anunciou que deu o nome de Hulk a uma nova constelação, homenageando assim o forte Vingador.

Mark Ruffalo, o atual Hulk no grande ecrã, festejou com uma apropriada referência, tanto espacial como cinematográfica: "A Star is Born" ("Assim Nasce Uma Estrela", seguindo o título português do filme agora nas salas com Bradley Cooper e Lady Gaga).

Apesar de ser previsível que existam muitos fãs da personagem e da Marvel entre os funcionários da NASA, a honra não é gratuita e tem uma explicação científica.

"Todos os fãs da bandas desenhada conhecem a história de fundo do Hulk, o grande, verde e zangado 'alter ego' do doutor Bruce Banner, cujas experiências com os raios gama correram muito mal", adiantou a NASA em comunicado.

"Os raios gama são a forma mais forte de luz. Nas circunstâncias certas, têm poder suficiente para penetrar na matéria, uma transformação que tanto Banner como o Hulk certamente iriam apreciar", explicou a agência.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.