O chefe de Estado, que encontra-se no Maio para uma visita de três dias, fazia a apresentação, durante uma “conversa aberta”, do “Ler mais, saber mais”, uma iniciativa presidencial que visa apoiar institucionalmente projectos de promoção da leitura.

Jorge Carlos Fonseca disse que almeja com este programa despertar nos alunos dos diversos níveis de ensino, o gosto pela leitura, observando que “quanto mais lermos conseguimos escrever melhor e para termos mais informações e para sabermos mais, temos que ler”.

Jorge Carlos Fonseca afiançou ainda que tem vindo a realizar vários eventos para divulgar este programa, nomeadamente, encontro de jovens com os escritores e leitura de poemas e histórias para as crianças, com vista a promover o livro e o hábito e o gosto a leitura e da escrita.

Informou que as actividades têm sido realizadas nas instalações do Palácio da Presidência, na Cidade da Praia, em que convidam escritores nacionais, estrangeiros, alunos das escolas do ensino básico, secundário e até universitários.

O mais alto magistrado da nação disse que fica “contente” ao ver que a sua acção pedagógica está a ter efeito, visto que as bibliotecas nacionais e mesmo municipais e escolas secundárias estão a realizar eventos do tipo, para despertarem o gosto pela leitura.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.