Depois da França, onde fez dois espetáculos em Amne Villa e Paris, o grupo viaja agora para a Holanda, onde vai actuar a 13 de abril, segundo a direcção do grupo que, a 25 de março, comemorou 35 anos de existência.

O líder do grupo, Jorge Martins, explicou que essa digressão enquadra-se nas atividades comemorativas dos 35 anos de Juventude em Marcha, um percurso marcado pela realização de 36 peças de teatro e seis produções audiovisuais.

De entre as produções, destacam-se "Canjana", uma obra que aborda a fome que assolou Cabo Verde nos anos 40 e famoso naufrágio, em novembro de 1947, em Ponta de Canjana, no litoral do Porto Novo, do navio norte-americano John Schmeltzer.

Depois da Europa, Juventude em Marcha viajará, em setembro, para os Estados Unidos da América para mais uma digressão internacional de lançamento desta criação, cuja estreia ocorreu em Dezembro, em Santo Antão.

Este grupo teatral, ao longo dos 35 anos, tem trabalhado na afirmação do teatro cabo-verdiano na arena nacional e internacional, segundo Jorge Martins.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.