Além destes convidados, as festas, organizadas e custeadas pela Associação de Lém, contam com a atuação de vários talentos locais, que vão subir ao palco esta noite, no polivalente da zona.

Conforme o presidente da associação, Anselmo de Pina, esta festa, além de ser celebrada na localidade de Lém, movimenta a ilha inteira, contando com a participação de alguns emigrantes que aproveitam a ocasião para cumprir promessas religiosas, ou mesmo somente para visitar o torrão natal e usufruir da euforia da tradição local.

Além da noite de baile, já foi realizado um torneio “Nho Djonzinho”, disputaram-se ontem as meias-finais do torneio sénior masculino, cuja final será na segunda-feira.

Ainda a nível do desporto, estão agendadas provas de ciclismo, atletismo e corrida de burro e a miss + trinta este domingo, 09 de junho.

Segundo o dirigente da associação local, o orçamento do baile ronda os seiscentos mil escudos, suportado somente com os fundos da organização.

Ainda enquadrada na política da associação, foi realizado um leque de atividades desportivas, lúdicas e culturais para os mais pequenos no dia 01 de junho, pois, de acordo com a mesma fonte, na ilha, se não for na escola ou nos jardins infantis, as crianças “não são lembradas”.

Até este momento, a avaliação das atividades que vêm decorrendo desde o passado mês de abril é “positiva” e a expectativa é que até o dia 13, ponto alto das festividades, o ritmo continue.