Os trabalhos científicos, reeditados pela fundação Casa das Bandeiras, versam “O problema alimentar em Cabo Verde” editado no “Cadernos Caboverdeanos de Cultura e Divulgação nº 1”, em 1954 pela Imprensa Nacional de Cabo Verde, “Alimentação e saúde nas ilhas de Cabo Verde” Praia 1957, documento produzido por Teixeira de Sousa na qualidade de médico-adjunto da missão permanente de estudo e combate de endemias de Cabo Verde e presidente da comissão provincial de nutrição de Cabo Verde, e “Bibliografia nutricional de Cabo Verde”, publicado em 1966 na Separata do jornal médico.

Os três trabalhos foram reeditados num volume único e nesta primeira fase serão impressos 500 exemplares, segundo o presidente da fundação Casa das Bandeiras, Henrique Pires, indicando que se houver demanda esta instituição poderá mandar proceder a uma nova tiragem.

Além da apresentação dos trabalhos científicos, a cargo do médico Evandro Monteiro, a programação da comemoração do centenário do nascimento do médico, escritor e antigo presidente da câmara de S. Vicente, Henrique Teixeira de Sousa, inicia-se a 06 de Setembro e prossegue até Março de 2020, altura em que se assinala mais um ano do seu desaparecimento físico.

Do programa consta alvorada com foguetes, tambores tradicionais e grupos de batucadas pelas ruas da cidade, seguindo depois uma deslocação ao cemitério de São Lourenço para deposição de coroa de flores no seu túmulo e com passagem pela casa onde nasceu em São Domingos, onde vai ser descerrada uma placa.

No mesmo dia, no período da tarde, está previsto a sessão de abertura das celebrações do centenário do nascimento de Teixeira de Sousa, com intervenções da fundação Casa das Bandeiras, do filho mais velho do escritor/médico, Henrique Teixeira de Sousa Filho, e do presidente da câmara de São Filipe, Jorge Nogueira.

Pinturas murais sobre as obras de Teixeira de Sousa na Escola Secundária de São Filipe, de que é patrono, encontro com a comissão organizadora das celebrações e os serviços locais da educação para integração de uma unidade curricular, abordando as obras de Teixeira de Sousa ao longo do ano nas escolas secundárias da ilha, estão programadas para o dia 07 de Setembro.

Uma palestra baseada na trilogia de romances de Teixeira de Sousa sobre a ilha do Fogo, nomeadamente, Ilhéu de Contenda (1978), Xaguate (1987) e na Ribeira de Deus (1992), apresentação do filme Ilhéu de Contenda baseada na obra com o mesmo nome e realizado por Leão Lopes, assim como apresentação da peça de teatro “A família de Aniceto Brasão”, uma adaptação dramatúrgica do conto com o mesmo nome, pela companhia de teatro Teixeira de Sousa e encenação do professor Luís, são outras actividades programas para o resto do ano de 2019.

Para o primeiro trimestre de 2020 estão previstas outras actividades e que ainda não foram calendarizadas, como a realização de conferências com Nezi Brito, Fausto Rosário e Antonieta Lopes, pinturas murais de “cenas representativas das obras de Teixeira de Sousa” nos três concelhos da ilha e publicação de extractos da sua obra em azulejos na cidade de São Filipe e na ilha.

Edição de trabalhos de investigação do professor Fausto do Rosário sobre as obras de Teixeira de Sousa, exposição de fotografias sobre a ilha e lançamento da obra “intervenções de Teixeira de Sousa enquanto presidente da Câmara Municipal de São Vicente” são outras das actividades previstas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.