O evento vai ser promovido pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através do Instituto do Património Cultural em parceria com a Assembleia Nacional e a Sociedade Cabo-Verdiana de Música (SCM) e será procedida de uma exposição fotográfica sobre B.Leza, intitulada “Morna em Si”.

O Dia Nacional da Morna foi proclamado com o objetivo primordial de homenagear todos os outros compositores, músicos e intérpretes, com o fito de exaltar e reconhecer a sua importância e chamar atenção da sociedade cabo-verdiana para a necessidade de valorização deste género musical.

A efeméride foi praticamente estabelecida um mês antes do país apresentar o processo de candidatura à Comissão de avaliação da Unesco do género musical a Património Imaterial da Humanidade, 31 de março, cujo resultado deverá ser anunciado em dezembro de 2019.

B.Leza foi um músico de Cabo Verde,  natural do Mindelo, que se destacou pela forma como soube inovar a morna “ao utilizar frequentemente os acordes de passagem, antes pouco usados nesse género musical”.

SR/CP