O artista norte-americano, que já foi condenado em 2009 por agressão a Rihanna, foi preso pelas autoridades locais depois de uma investigação que teve como base uma denúncia de violação. Um amigo e o guarda-costa do rapper também foram detidos.

De acordo com o jornal Daily Mail, a queixa foi apresentada por uma jovem de 24 anos. A alegada vítima acusa o músico de a ter agredido sexualmente na semana passada.

Segundo a revista Closer, a alegada violação e agressão terá acontecido na noite de 15 para 16 de janeiro, depois da jovem ter conhecido o rapper na discoteca "Le Crystal", perto dos Campos Elísios. A rapariga terá sido depois convidada, juntamente com as amigas, para ir com Chris Brown até ao hotel Le Mandarin Oriental.

O Ministério Público declarou que as investigações vão continuar mas que o cantor não foi denunciado.

Em contacto com a AFP, Raphaël Chiche, advogado de Chris Brown, afirmou que o seu cliente se declara "energicamente inocente" e que pretende apresentar queixa "pela calúnia de que foi alvo".

O artista americano de 29 anos já teve vários problemas com a justiça. O rapper foi condenado em 2009 por agredir a cantora Rihanna, que era a sua namorada. Em 2016,  foi preso e acusado de agressão com arma letal.

Segundo o jornal Le Figaro, Chris Brown estava na capital francesa para participar na Fashion Week.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.