Beto Diogo falava em declarações à Inforpress, na abertura da sexta edição da Exposição Colectiva “Nos Artezanatu Nos Riqueza”, organizada pelo Atelier Beto Diogo e pela Casa das Artes de Assomada, com o apoio da Câmara Municipal de Santa Catarina, no Palácio do Governo, na Cidade da Praia.

Conforme disse, a Câmara Municipal de Santa Catarina tem apostado na valorização dos seus artesãos, por isso criou um espaço permanente de exposição de artesanato na cidade de Assomada.

Neste sentido, desafiou as outras autarquias a criarem também esse espaço permanente e, para a Cidade da Praia propôs o Parque 5 de Julho, na Fazenda.

“Quando temos um cruzeiro, os turistas podem deslocar-se ao Parque 5 de Julho e ali encontrar o artesanato. Isso é uma forma de valorizarem mais os seus artesãos à semelhança do que acontece em Santa Catarina”, disse.

Nesta exposição colectiva, que acontece até 04 de Julho, participam 12 artesãos dos municípios de Santa Catarina, Tarrafal, Ribeira Grande de Santiago e da Praia, e, segundo o animador cultural, a mostra realiza-se no âmbito das celebrações do 44º aniversário da Independência de Cabo Verde.

Estão patentes produtos de artes em cabedal, olaria, cerâmica, bordados, cestaria, entre outros, com os visitantes a terem oportunidade de ver uma exposição mais interactiva, isto é, poderão ver o artesão a confeccionar um determinado produto.

A vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Santa Catarina, Jacira Monteiro, que esteve na cerimónia de abertura, disse que esta exposição tem alcançando o seu objectivo de promover e de mostrar aquilo que é feito em vários pontos do país.

“Penso que isto por si só já prova que a iniciativa é boa, mas se é possível melhorar, como sempre, respondo que sim, e é de continuar”, sublinhou.

Jacira Monteiro afirmou que a edilidade tem apostado na formação e informação dos artesãos para que estes possam registar as suas actividades e não terem problemas quando são convidados a expor os seus produtos a nível internacional.

A cerimónia de abertura da exposição contou ainda com a presença do edil de Santa Catarina, José Alves, e com actuação de Romeu di Lourdes e batucadeiras.