O livro vai ser apresentado pelo engenheiro industrial Mário Monteiro, num evento que conta com momentos de música e declamação de poesias pelos alunos do 6º ano da Escola Básica António Nunes, Calabaceira.

O também docente disse à Inforpress que este é o seu 12º livro, mas o primeiro de poesia. Segundo avançou, este trabalho retrata “um pouco de tudo”, com poemas românticos, políticos, religiosos e sociais.

“Falo sobre Amílcar Cabral e destaco Cabo Verde como o nosso berço. Há, também, temas como “Cá se faz, cá se paga, que tem um tom um pouco mais político, e Cogitação (em crioulo-Matuta), que relata a nossa forma de pensar e agir”, explicou.

A intenção do autor, conforme garantiu, é registar as memórias e perpetuar o seu sentimento e pensamento sobre o quotidiano.

Licenciado em Direito e mestrado em Teatro, Armindo Tavares já publicou 11 livros de peças teatrais.

Actualmente ele escreve argumentos para telenovela, que são divulgados todas as semanas no jornal online Santiago Magazine.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.