Antes da quarentena, Rosalía esteve nos Estados Unidos para ser fotografada pela lente de Zoey Grossman para a capa da edição especial de verão da revista ELLE. Além da sessão de fotos, a artista de Barcelona conversou com a publicação e confessou que sentiu tem sentido alguma pressão durante o isolamento social.

"Há uma certa pressão para se ser criativo ou para ocupar a maior parte do tempo com várias atividades e fazer progressos, e estou a tentar fugir disso. Estou a tentar fazer coisas que ajudem a manter-me mentalmente saudável, e se isso inclui fazer, então, ótimo. Mas não vou mentir: há dias em que só quero ver uma série e comer um pacote de bolachas", frisou a artista.

Na entrevista, Rosalía contou ainda que está em Miami, afastada da família. "É sempre difícil estar longe da sua família, em outro país, e é ainda mais num momento como este", sublinhou. "Mas, apesar da situação, tenho a sorte de ter grandes amigos aqui em Miami e nos quais posso confiar", acrescentou, confessando que a parte mais difícil foi "ter de parar de repente".

"O que mudou para mim é perceber que, de um dia para o outro, há coisas que podem deixar de existir. É como se o mundo parasse, literalmente", revelou. "Sei que o que faço como artista pode parecer dispensável - e para alguns será -, mas para mim ser capaz de fazer música é estar bem mentalmente", acrescentou a artista em entrevista à ELLE.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.