Esse montante que teve um aumento de 100 mil escudos relativamente ao ano passado, segundo a edilidade tarrafalense, vai permitir que os agrupamentos escolares possam descer às ruas e abrilhantar a festa do Rei Momo, uma manifestação cultural que tem tido ganhos significativos a cada ano em Santiago Norte.

Conforme apurou a Inforpress, as escolas que já iniciaram os preparativos e os ensaios, contrariamente aos anos anteriores, este ano ao invés de saírem no sábado antes do Carnaval, vão realizar desfile no próprio dia do Rei Momo, 05 de março.

Os dois agrupamentos escolares do Tarrafal pretendem levar para as ruas da cidade alunos do 1 º ao 12 º ano com o tema “Rodas dos Alimentos”.

A fonte da autarquia, que lembra que o município não tem grupos carnavalescos formados, indicou ainda que a edilidade absolveu 80 por cento (%) do projeto de um grupo da sociedade civil denominado “Samba na Calçada”.

Contacto pela Inforpress, um dos elementos do grupo informou que ainda não lhes foi atribuído quaisquer subsídios por parte da Câmara Municipal do Tarrafal, mas que, no entanto, já iniciaram os preparativos e ensaios para que possam sair nas vésperas do Carnaval.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.