Em conversa com os responsáveis dos quatro grupos tidos como oficiais, que este ano vão abrilhantar a festa do Rei Momo na ilha turística, Gaviões, Maravilhas do Sul, Patchê Parloa e Creola África, uns e outros garantem que para atrair cada vez mais foliões, “esbanjam” em imaginação e criatividade.

Assegurando que os trabalhos vão a bom ritmo, com alguma coisa já finalizada, enquanto outras nos retoques finais, os grupos vão sair à rua com cerca de 400 figurantes e respetivo carro alegórico retratando temas sobre a “Índia – o gigante indomável”, “Biodiversidade”, “Malandragem”, e “Magia das cores e fantasia infantil”.

Entretanto, os organizadores que vão disputar o primeiro lugar, o prémio no valor de 300 mil escudos, num desfile que deverá acontecer, como habitualmente, na Avenida do Morro Curral, não querem que se exponha por, ora as fotografias dos trabalhos já prontos, preferindo deixar sobre os segredos dos deuses os carros alegóricos, realces e surpresas para o dia do desfile.

À semelhança dos anos anteriores, a câmara investe para atribuição de prémios, cerca de um milhão de escudos, que varia entre 300 e 60 mil escudos, de acordo com a categoria e classificação.

Em termos de grupo, o primeiro lugar arrecadará, 300 mil escudos, o segundo, 200, e o terceiro lugar, 100 mil escudos.

O melhor rei e rainha levará 60 mil escudos cada, enquanto mestre-sala e porta-bandeira merecerão 40 mil escudos cada.

A rainha da bataria, 20 mil escudos, o melhor andor ganhará 150 mil escudos e a melhor música 30 mil escudos.

Gaviões e Patchê Parloa, liderados por Zeca e Nuno, respetivamente, são os dois grandes rivais nesta competição carnavalesca, porém, Victor Silva, diretor artístico do grupo Maravilhas do Sul, que há dois anos não participa no Entrudo, acautela, dizendo que Maravilhas do Sul “vêm em força”.

As ruas da Preguiça e da cidade de Santa Maria vão estar também movimentadas com a presença de mandingas, grupos infantis, num desfile carnavalesco dando nesta altura do ano um colorido diferente, às artérias, ao som de muita música e batucada.

No dia 13 de fevereiro o desfile é na cidade dos Espargos, e em Santa Maria o festejo carnavalesco está marcado para o dia 14, na Avenida dos Hotéis – também Dia de São Valentim e de Cinzas -, onde deverá ser feita a entrega dos prémios.