O plano operacional “Carnaval 2018 em Segurança”, a ser implementado a partir das 12:30 de terça-feira até às 22:00 do mesmo dia, foi dado a conhecer hoje durante uma conferência de imprensa, pelo comissário da PN, José Vaz Cabral, comandante da Esquadra Policial de Achada de Santo António.

Segundo o comissário, a PN vai envolver 230 efetivos para terça-feira de Carnaval, incluindo um reforço do Comando das Unidades Especiais da Polícia Nacional e ainda vai contar com o apoio dos alunos do oitavo curso de agentes da PN, das Forças Armadas, da Guarda Municipal e da Proteção Civil.

Com esses efetivos e reforço disponíveis, indicou José Vaz Cabral, o plano operacional vai ser executado em duas vertentes, a segurança pública e a segurança rodoviária.

Na vertente da segurança pública, a PN vai montar um dispositivo policial ao longo da Avenida Cidade Lisboa, com o objetivo de garantir uma “maior tranquilidade” aos desfiles dos grupos carnavalescos e proporcionar ao público um “ambiente seguro”.

“Tratando-se de um ambiente de festa onde a maioria dos praienses vai à Avenida, o Comando Regional reforçará o seu patrulhamento auto e a pé, de visibilidade e prevenção em todos os bairros da capital, com grupos reforçados de piquete e da Brigada de Investigação Criminal, com objetivo de prevenir e reprimir qualquer ato que poderá acontecer”, precisou.

Na vertente da segurança rodoviária, a Policia irá garantir a segurança e fluidez do trânsito na capital e, particularmente, nas artérias adjacentes à Avenida Cidade Lisboa.

Tendo em conta que a Avenida Cidade Lisboa estará interditada ao trânsito a partir das 13:00, na terça-feira, o comissário pede aos praienses que usem as vias alternativas e apela ainda à colaboração e civismo de todos em prol da segurança na cidade.

Normalmente, no dia do Carnaval, devido a uma grande moldura humana, muitas crianças acabam por perder dos pais e, para evitar situações do tipo, José Vaz Cabral apela aos pais e encarregados de educação que “asseguram os seus filhos e não os deixem deambular pela Avenida ou pelas ruas da capital”.

Ainda face ao caso de desaparecimento de crianças na capital do país, a Câmara Municipal da Praia criou um grupo de voluntários para estar atento e acompanhar as crianças, que possivelmente poderão perder-se durante o desfile.

A tarde de terça-feira de Carnaval na Cidade da Praia vai contar com desfiles de seis grupos oficiais: Samba Jo, Estrela da Marinha, Vindos do Mar, Vindos D´Africa, Inter Vila e Bloco Afro Abel Djassi.

O primeiro desfile está marcado para às 16:00 na Avenida Cidade Lisboa.